logo-final Created with Sketch.
Regulação da rotulagem de alimentos: desafios para a América Latina

A discussão a respeito da rotulagem nutricional frontal de alimentos está acontecendo por toda América Latina. Em 2016, o Chile aprovou de forma pioneira um modelo de rotulagem em formato de octógonos para identificar produtos com alto teor de açúcar, gorduras e sódio. Logo depois, Uruguai e Peru adotaram o mesmo selo de advertência. E agora, é a vez do Brasil definir qual será o melhor modelo para informar e ajudar os consumidores a fazer escolhas alimentares mais saudáveis.

Apesar de a rotulagem de alimentos ter avançando na América Latina nos últimos anos, ainda há muitos desafios regulatórios internos e internacionais, além da interferência da indústria alimentícia, para se definir um modelo ideal para a região, principalmente para o Mercosul.

Para debater o assunto, o Idec, por meio da plataforma Alimentando Políticas e em parceria com a OPAS (Organização Pan Americana da Saúde) e a FIC (Fundación InterAmericana del Corazón) Argentina, promove o seminário Regulação da rotulagem de alimentos: desafios para a América Latina.

O evento acontece em 7 de novembro, no hotel Radisson Paulista, e contará com a participação de pesquisadores renomados e especialistas no tema, além de outros convidados especiais, do Brasil e de outros países da América Latina.

Confira a programação

07/11

8h30Credenciamento e café de boas-vindas

9h Abertura “O papel das políticas públicas que visem à promoção de ambientes alimentares saudáveis”

9h30 Marco regulatório de rotulagem de alimentos na América Latina: perspectivas e desafios
Mediação: Mariana Ferraz (Global Health Advocacy Incubator)
Palestrantes: Berenice Cerra (FIC Argentina), Cecília Cury (consultora do Idec) e Jaime Delgado (Instituto de Consumo Universidad de San Martín de Porres)

12h Almoço

13hConferência “Rotulagem de alimentos como estratégia para a promoção dos direitos à saúde, informação e alimentação adequada”
Mediação: Ana Paula Bortoletto (Idec)
Conferencista: Fabio Gomes (OPAS)

14h – Casos paradigmáticos: lições aprendidas com os questionamentos das políticas públicas de controle do tabaco e alimentação saudável
Mediação: Igor Britto (Idec)
Palestrantes: Belén Ríos (FIC Argentina), Katia Pinho (OPAS) e Ximena Moratorio (Governo do Uruguai)

16h – Intervalo

16h30 Conflitos de interesse: interferência do setor produtivo na formulação das políticas públicas
Mediação: Laís Amaral (Idec)
Palestrantes: Luciana Castronuovo (FIC Argentina), Neha Khandpur (Nupens/USP) e Victoria Fullerton (assessora parlamentar em políticas de saúde pública do Chile)

18h30 Encerramento

Inscreva-se já!

Receba as novidade sempre em primeira mão. Assine nossa newsletter